320

A revolução industrial da produção pessoal e sustentável

Você já ouviu sobre as impressoras 3D? Apesar do boom desse assunto apenas nos últimos anos seu conceito é antigo. Ela foi panteada em 1986 por Charles Hull e sua popularização está acontecendo agora pelo barateamento da tecnologia. Seu uso poderá significar um marco de uma nova revolução industrial marcada pela sustentabilidade, redução de custos e produção pessoal, mas antes de falarmos sobre isso vamos entender o que é e como funciona uma impressora 3D.

O modo de funcionamento de uma impressora 3D é dividida, basicamente, em 4 passos principais:  1. a criação de um modelo tridimensional (em uma ferramenta CAD, por exemplo) , 2. a importação do modelo no software da impressora, 3. a divisão do modelo, pelo software, em N camadas e 4. a fabricação do objeto propriamente dito. A forma de fabricação depende da tecnologia envolvida. A figura abaixo (clique para ampliar) mostra o funcionamento de acordo a tecnologia de fabricação empregada:

Clique na imagem para abri-la no formato original

E o que podemos fabricar com isso?! Bom… a resposta está limitada a sua imaginação. Alguns exemplos de coisas que já são fabricadas: fones de ouvido, comida, veículos, roupas, ferramentas, próteses, cartilagem, um exoesqueleto e até mesmo uma máquina de teletransporte! Pensaram no leque de possibilidades que ela pode abrir? Sua utilização poderá significar um marco de como produzimos e de como empregamos as coisas. Já vimos algo similar surgir no passado em 3 momentos históricos: a primeira, segunda e terceira revolução industrial.

As revoluções industriais mudaram a forma não só da produção, mas também provocaram grandes mudanças econômicas, sociais e até mesmo culturais e climáticas. A primeira revolução industrial ocorreu na Inglaterra, no final do século XVIII início do século XIX e foi marcada por duas principais invenções: o carvão como fonte de energia e o desenvolvimento da máquina de vapor. Produções até então artesanais passaram a ser realizadas por máquinas e a população que vivia em sua maioria no campo migrou para as cidades procurando novas formas de trabalho. A segunda e terceira revoluções industriais foram ou são continuação do processo da revolução. A segunda, iniciada na segunda metade do século XIX, foi marcada pelas diversas mudanças e aprimoramentos que marcaram a busca constante por novidades nos métodos de fabricação buscando a aceleração da produção, redução de custos e tempo de fabricação. A terceira revolução, iniciada em meados do século XX, é denominada como revolução Técnico-Científica Informacional ela representa a total integração entre a ciência, tecnologia e produção com as inovações da informática e suas aplicações no processo produtivo. Estamos vivendo essa última durante os dias atuais ou pelo menos a vivenciamos em paralelo com o surgimento de uma nova revolução: a quarta revolução industrial marcada pela produção pessoal e sustentável.

A impressora 3D possui como características, pelo seu modo de funcionamento, o uso de pouca matéria prima, menos energia para a produção e a eliminação de determinados materiais que são utilizados para produção de produtos industrializados. Aliada a isso, temos o constante barateamento da tecnologia e a aceleração das startups. Tudo isso determina um cenário que poderá revolucionar o mundo.

O menor custo de produção e os programas de aceleração de startups poderá significar a descentralização da produção de objetos ou coisas que antes eram feitas em indústrias e agora passarão a ser produzidas em casa. A forma de utilização da matéria prima, menos energia para a produção, eliminação de alguns materiais e dos transportes deles, por sua vez, significarão a produção de coisas de maneira mais sustentável beneficiando não só aqueles que irão produzir, mas também o mundo!

Fontes:

http://www.techtudo.com.br/listas/noticia/2015/03/o-que-uma-impressora-3d-e-capaz-de-fazer-veja-lista-de-objetos.html
http://m.tecmundo.com.br/impressora-3d/38826-como-funciona-uma-impressora-3d-ilustracao-.htm
http://monografias.poli.ufrj.br/monografias/monopoli10005856.pdf
http://super.abril.com.br/tecnologia/revolucao-impressoras-3d-733010.shtml
http://www.brasilescola.com/geografia/terceira-revolucao-industrial.htm
http://www.brasilescola.com/historiag/segunda-revolucao-industrial.htm
http://www.brasilescola.com/geografia/primeira-revolucao-industrial.htm
http://pt.wikipedia.org/wiki/Revolu%C3%A7%C3%A3o_Industrial
http://www.gadoo.com.br/tecnologia/impressoras-3d-para-que-servem-como-funcionam/

Deixe sua opinião!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s