Por uma mídia social única

Começo este post com pequenos “sintomas” que justificam a idéia que quero passar neste breve texto. Segue alguns dados recentes sobre as redes sociais:

Segundo matéria publicada no IDG NOW, em junho de 2011 o Facebook registrou, desde que se iniciou as medições neste site, uma queda do número absoluto de usuários em alguns países como nos Estados Unidos e Canadá, sendo eles os primeiros países adeptos do Facebook. O Google+, depois de um início espantoso, já registra uma diminuição no tráfego do site, uma diminuição de 3%. Justificável e esperado até certo ponto, mas que pode estar indicando algum tipo de comportamento.  Matérias no início deste ano já mostravam também a redução do crescimento do Twitter.

Será as mídias sociais mais um fenômeno de TI passageiro? Duvido e muito. O advento das mídias sociais só está no início, porém a sua forma de utilização tende a ser transformada.

Mas que tipo de transformação é essa?   Bom, temos  dois fatores que podem nos indicar o que será  essa transformação:

1. Sites agregadores de mídias

Cada  vez é mais comuns serviços que agregam em único local a visão das diferentes redes sociais que o usuário participa. Exemplos:  Ping.fm, Silentale e Chi.mp. Para quem não gosta de ir em vários locais, usar várias senhas e gosta de agilidade, esses agregadores são uma boa atrativa.

2. Resultados de busca ordenados

Atualmente nos resultados de busca do Google, desde que se logado com uma conta Google, ao se pesquisar sobre um determinado assunto, são apresentados posts e comentários de seus amigos sobre o assunto e também links compartilhados por estes sobre o tema.

A redução do tempo em que os usuários permanecem nas redes sociais bem como a  diminuição pequena de usuários aliado aos fatores apresentados podem indicar que os usuários não queiram mais ter a necessidade de entrar em um determinado site ou mídia social para interagir com seus amigos, estar por dentro do que está acontecendo ou mesmo o que é tendência no mundo naquele exato momento. Cada vez desejam mais fazer isto de qualquer local. O Google já verificou isso e, como apresentado, agrega nos seus resultados de busca conteúdo de outras mídias sociais. Ainda é um pequeno passo, mas na opinião desse autor, a indicação clara de que as mídias sociais estarão cada vez mais integradas e que, no futuro, estar conectado em uma mídia social não será opcional e nem tanto restrito para alguns sites e sim a própria internet será, como toda, uma grande rede social.

One comment

  1. Qual o melhor caminho?
    – Usar mídias sociais para depositar minhas fotos (facebook, flickr etc.), vídeos (youtube, vimeo etc.), áudio (podcast etc.) e usar ferramentas para exibir no site;
    – Depositar no site e compartilhar nas mídias sociais

    Obrigado.

    Gostar

Deixe sua opinião!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s